Júlio Verne, respondeu à essa questão cerca de 150 anos atrás, quando escreveu em seu romance, Viagem ao centro da Terra, a história do amalucado professor Lidenbrock, que encontra uma passagem sob um vulcão adormecido na Islândia e, a partir dela, faz uma fantástica jornada rumo ao coração do planeta, descobrindo um mundo maravilhoso e recheado de aventura.

Longe das páginas dos livros ou das telas de cinema, estudamos que a Terra possui três camadas, muito embora essa não tenha sido as respostas dadas pelos alunos quando inicialmente foram questionados sobre o interior da Terra.

Após ouvir todas as colocações a respeito do assunto, descobrimos que a parte do planeta em que vivemos chama-se Crosta Terrestre, que possui entre 6 e 75 km de espessura, composta de rochas. O Manto, vem logo abaixo formado por rochas de consistência viscosa, tem temperatura superior a 600ºC e é daí que vem as lavas de vulcões. Mais profundamente encontramos o Núcleo, Entre 2 891 e 5 150 km de profundidade é composto de liga metálica de ferro e níquel, sua temperatura varia entre 3 500ºC e 4 600ºC.

Utilizando massa de modelar os alunos do 4º ano I montaram a estrutura das camadas, com muita diversão e entusiasmo!!!

Confira o vídeo e as fotos da atividade: