Como mãe sou sol, chuva, tempestade, calmaria;

Sou um pássaro, um leão, um dragão;

Sou diamante, ouro, prata e latão;

Sou ternura, paixão, amor;

Sou bebê, criança e às vezes adulto;

Ser mãe é a melhor parte de mim, é meu aprendizado, é minha continuação, é entender porque estou aqui!

É descobrir o sentido da vida!

É aprender que com certa inocência, magia, fantasia, a vida tem mais sentido;

É saber que os filhos vem ao mundo pra nos ensinar muito mais do que temos a ensinar a eles

Como mãe sou médica, dentista, cozinheira, garota do tempo, dona de casa e quando os papeis se invertem na brincadeira, também viro a filhinha!

Como mãe sou amiga, confidente e acima de tudo aprendiz!

Poema escrito por Camila Oguchi – Mãe da aluna Beatriz Oguchi do 1º ano Fundamental I da professora Juliana Loreato.

Obs.: O poema foi escrito como proposta do Colégio Integrado para homenagem ao dia das mães, onde cada mãe deveria contribuir com uma frase para a formação de um mural dinâmico.

   

 

   

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *