O que o Integrado busca com a atividade de pintura em tela, o que ela é capaz de despertar em nossos alunos …

Tem que ter sentimento

É com mais absoluto orgulho que falo sobre artes plásticas.
Quem sempre prestigia nosso trabalho e acompanha nosso empenho em trazer diferentes técnicas, maneiras e movimentos distintos de pinceladas, como a “varridinha”, conhecida pelos alunos, sabe o que significa dar vida a uma pedra através de movimentos circulares, ou movimentos de vírgulas.

Um linguajar fácil para que os artistas possam absorver e aguçar a vontade que se destina aos apaixonados pela arte sobre tela, aqueles que não se contentam em apenas aprender o passo a passo pra pintar e então, inicia-se a busca de ideias e inspiração para pôr cada vez mais sensibilidade, cada vez mais se lançar no universo de tintas e pinceis, criar sem parar. Esses seres detém a alma de uma criança. O olhar de um criador.

Lindos trabalhos apenas para emocionar pessoas como você, que também fazem e querem arte por amor ao belo e respeito aos que trabalham para levar essa paixão a quem se dispor a recebê-la.

O melhor da coordenação motora não é impreterível.
O senso de companheirismo é.

Certa vez li uma frase de um desconhecido que dizia assim:
“A união perfeita será possível pelo sentimento, não pela sensação”.

Uma frase perfeita para este nosso bate-papo, pois é disto que se trata o desenrolar de nosso trabalho, sentir ao máximo o valor de cada pincelada até que se produza uma tela por completo.
Lembrando que os verdadeiros artistas estão sempre insatisfeitos com suas obras.

Sempre buscando melhorar, ou mesmo modificar.

Espero que o resultado seja surpreendente para você, assim como foi e é para nós.

Que mesmo assim, ainda contemos com o desejo de buscar melhorar.

Isso mesmo!
Cada um em sua arte… Todos eternos insatisfeitos.